“Como os sites portugueses noticiaram o Impeachment brasileiro”

dsc_0050

Rogério Bazi e Márcia Rosa trouxeram a Portugal um estudo sobre o “impeachment da presidenta do Brasil Dilma Rousseff: a cobertura jornalística em sites portugueses”.

Os dois investigadores analisaram os sites dos meios de comunicação “Observador”, “Expresso” e “Público” durante os dias 16, 17 e 18 de abril do presente ano. A escolha das datas foi intencional, já que o dia 17 corresponde à decisão definitiva de impeachment para a Presidente do Brasil. Desta forma, os oradores explicaram que tencionavam compreender as diferenças de abordagem entre órgãos de comunicação online no durante, antes e após destituição de Dilma Rousseff.

O estudo de Rogério Bazi e Márcia Rosa permitiu recolher 46 textos, dos quais 8 provenientes do “Observador”, 23 do “Expresso” e 15 publicados pelo “Público”. Rogério Bazi esclareceu que a análise foi realizada mediante critérios como o número de títulos, os tipos de fontes mencionadas, os géneros jornalísticos, dos quais detetou três: notícia, reportagem e opinião.

Segundo os conferencistas, 18 de abril foi o dia em que os três sites publicaram mais artigos. Além disso, a dupla de investigadores reparou num padrão quanto ao género eleito em cada site: o “Público” difundiu mais reportagens, o “Expresso” privilegiou os textos de opinião e o “Observador” redigiu mais notícias.

Outro facto pertinente para Rogério Bazi e Márcia Rosa foi a ausência de fontes primárias no “Observador” e no “Expresso”. Só o “Público” recolheu informações diretamente das fontes primárias. Os outros sites socorreram-se de reportagens realizadas por jornais brasileiros.  Os textos que contrariam a falta de diversidade são os de opinião.

Após a apresentação, foi aberto o debate. Bruno Viana, também investigador e conferencista, corroborou os resultados do estudo, ao referenciar a sua pesquisa de 2012, que apresentou conclusões semelhantes. Além disso, rematou dizendo que, apesar da falta de recursos e de enviados especiais, “Portugal ainda é um dos países que mais noticia sobre o Brasil”.

Por Catarina Maldonado Vasconcelos (CC, 2º ano)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s